contato@fonocare.com| (65) 3621-4440

Aleitamento materno é saúde: a nutrição adequada nos primeiros anos de vida é essencial para que a criança desenvolva seus potenciais, proporcionando a prevenção de doenças e possibilitando um crescimento físico e mental adequados. Além disso, as mulheres também têm benefícios, como a regressão mais rápida do útero, diminuição do risco da mãe sofrer hemorragia e anemia pós-parto e a prevenção de câncer de ovário, útero e mamas.

Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS) o aleitamento materno deve ser o único alimento até os 6 meses. Depois desse período, além do leite materno, a criança deve receber outros alimentos. A amamentação é importante até os 2 anos de idade ou mais. No panorama nacional os indicadores de aleitamento materno estão aquém do que recomendado pela OMS. Em São Paulo, pesquisa AMAMUNIC (Amamentação e Municípios) analisa que o aleitamento materno exclusivo raramente alcançou índices superiores a 30% na faixa etária de 0 a 4 meses (dados de 2002). Apesar dos benefícios serem inúmeros, muitas mães não recebem o apoio e auxílio necessário para que a amamentação seja realidade no dia-a-dia de todos os bebês do País.

Para os fonoaudiólogos, amamentar o bebê significa também prepará-lo para falar, já que o aleitamento materno promove o crescimento osteomuscular harmonioso, equilíbrio da musculatura oral, arcadas dentárias, língua e estimula a respiração nasal. Pode-se dizer que aleitamento materno é a academia do bebê. Para que haja um bom padrão articulatório, é necessária uma estimulação desde o nascimento. As estruturas envolvidas no ato de sugar serão as mesmas estruturas utilizadas mais tarde para mastigar e falar.

  • O posicionamento adequado do bebê durante a amamentação é muito importante para que haja uma pega correta e não machuque os mamilos.

pega correta

  • A mãe deve sentar de forma confortável em um ambiente mais tranqüilo quando possível, apoiar o braço que vai segurar a cabeça do bebê em um ângulo de 90 graus e levar o seu filho até a mama, nunca a mama até ele.
  • Não segurar a mama com os dedos em formato de tesoura.
  • O bebê deve ficar um pouco inclinado, com sua cabeça mais alta que o corpo, sua barriga bem virada e próxima a barriga da mãe e a boca deve estar bem aberta para abocanhar todo o mamilo e parte da aréola.
  • Se o bebê estiver sonolento, deverá deixá-lo bem confortável, faça cocegas nos pezinhos a fim de desperta-lo.

Veja imagens ilustrativas:

pega_correta1amamentar1

DICA: Hidratar seu mamilo é importante para que não haja fissuras, por isso, extraia algumas gotas do seu próprio leite, passe sobre eles e deixe-os secar, repita esse procedimento após o banho e antes e depois de cada mamada.

Saiba os Benefícios da amamentação

A amamentação no seio também beneficia a criança em relação ao aspecto nutritivo e estabelece o vínculo entre mãe e filho, além disso, as mães passam a ter reduzido risco de câncer de mama, útero e ovário e recuperam a forma física mais rapidamente, pois quando ela está amamentando o útero se contrai, diminuindo assim de tamanho, além de ser prático e econômico.

389009_135072249964897_2102875275_n-500x481

Depois de saber de todos esses benefícios que a amamentação proporciona para mãe e filho, amamente seu bebê exclusivamente no peito pelo menos até os seis meses de vida. Se a mãe não estiver preparada para amamentar, provavelmente, passará a fornecer alimentação artificial ao seu bebê, e então, além do aspecto econômico, da adaptação ao leite, outros problemas poderão surgir, como os de sucção, deglutição que, certamente deixarão sequelas, além de se perder as oportunidades ótimas para um relacionamento mais estreito entre mãe e filho. Neste contexto, acreditamos ser de fundamental importância a atuação do fonoaudiólogo no acompanhamento do pré-natal, para complementar as orientações dadas por obstetras e/ou pediatras, nem sempre conscientes das conseqüências de uma sucção inadequada.

 

Referências Bibliográficas: http://www.fonosp.org.br/noticias/sala-de-imprensa/releases/aleitamento-materno/

http://www.hospitalestrela.com.br/conteudo/0,1613_a-amamentacao-e-a-fonoaudiologia